O governador de Minas Gerais, Romeu Zema, anunciou na noite dessa quarta-feira, 22 de abril, em sua conta oficial do Instagram, o “Minas Consciente – Retomando a Economia do Jeito Certo”, plano de flexibilização das medidas de isolamento no Estado.

Pregando cautela, o governador ressaltou que a o plano foi dividido em 4 ondas: essenciais (onda 0), baixo (onda1), médio (onda 2) e alto risco (onda 3), considerando as variáveis econômicas e o impacto no sistema de saúde. Confira os segmentos de cada onda no fim da página.

As empresas serão divididas em grupos que serão classificados por cores. O verde, por exemplo, será para empresas que poderão retomar as atividades mais rapidamente. O vermelho, para setores que vão demorar mais para retomarem o funcionamento. O Governo quer, ainda, dar prioridade a grandes empresas, de alto impacto econômico, que necessitam de número menor de funcionários para operar. Um calendário com as cores e as empresas atribuídas a cada uma delas será entregue às prefeituras.

Ficou definido ainda que a aplicação das medidas será iniciada pelo Interior. Grandes centros, pelo número maior de pessoas, deverão ter abertura mais lenta.

De acordo com o governador Romeu Zema (Novo) “os protocolos gerais serão disponibilizados a partir da próxima semana e a adesão ao programa por parte do município será opcional, por meio de Decreto Municipal”.

Foi definido que as escolas não voltarão às atividades normais com menos de três meses. O retorno com prazo mais longo, no entanto, será na área da Cultura. Cinemas, casas de show, teatros e boates não vão funcionar por, pelo menos, 120 dias a partir desta quarta-feira.

As primeiras medidas de distanciamento entre as pessoas e paralisação de empresas e estabelecimentos comerciais por causa da pandemia do novo coronavírus foram tomadas no dia 17 de março. Desde então, entidades do setor empresarial têm buscado acordos com o governo para a reabertura do comércio. Atuando forte nessa frente e parte do Comitê Gestor das Ações de Recuperação Fiscal, Econômica e Financeira do estado, o presidente Frank Sinatra, da Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas de Minas Gerais, celebrou o anúncio do governador.

“Estamos otimistas com o projeto Minas Consciente. Sabendo que o isolamento era necessário, como foi recomendado pelas autoridades, passamos as últimas semanas trabalhando, em conjunto com o governos, para que pudêssemos, com muita responsabilidade e cautela, retomar nossas atividades, que são fundamentais para economia do estado e para a manutenção dos empregos de todos os mineiros”, destacou Frank.

“Vamos nos mobilizar e trabalhar para que essa retomada tão esperada seja feita da maneira correta, preservando a saúde dos nossos funcionários e todos os cidadãos do estado. Com seriedade, garantiremos que a economia volte ao caminho do crescimento, sem descuidar da vida, nosso bem mais valioso”, completou.

O presidente da FCDL-MG participa nesta quinta-feira, às 10h, de uma reunião com o Secretário de Desenvolvimento Econômico do Estado, Cássio Rocha de Azevedo, para alinhar os próximos passos.

onda-022-04-2020_22-
onda-122-04-2020_22-
onda-222-04-2020_22-
onda-322-04-2020_22-

Notícias , Por: FCDL Minas Gerais | Publicado em: 23/04/2020 12:04:00E-mailTweetLike

× Como posso te ajudar?